modelo de ducha

Tomar banho faz parte da cultura brasileira. A prova disso foi apresentada na pesquisa chamada “Personal Appearances: Global Consumer Survey Results on Apparel, Beauty and Grooming”, feita pela empresa Euromonitor Internacional. Esses dados mostram que um brasileiro toma, em média, 2 banhos por dia. Algo tão apreciado assim, não pode ser realizado com qualquer modelo de ducha, concorda?

Neste artigo, elencaremos os tipos de ducha mais comuns no mercado. Além disso, explicaremos as principais características de cada uma delas. Dessa forma, ficará mais fácil escolher uma que atenda as necessidades da família. Acompanhe os próximos tópicos!

Por que optar pelo aquecimento de água a gás ou solar?

Pouco adianta comprar uma ducha de qualidade se a temperatura e a vazão da água não estiverem no mesmo nível  de eficiência. Para alcançar o conforto desejado durante o banho, o ideal é ter um sistema de aquecimento de água de água que ofereça conforto térmico com eficiência e segurança, como por exemplo os sistemas a gás ou solar.

Dessa forma, é possível alcançar não só a temperatura e a vazão, como também a pressão perfeita para a ducha adquirida. O resultado é um banho relaxante, não importa a estação do ano.

Outro benefício do aquecimento de água a gás ou solar é a segurança. Quando o aparelho é instalado por profissionais qualificados e segue as normas técnicas vigentes, os consumidores podem usar a ducha com toda a tranquilidade.

Podemos apontar mais duas vantagens: a redução de custos e o custo-benefício. Ambas se conseguem a longo prazo, pois o aparelho tem uma longa vida útil. Em especial, quando são seguidas as programações de manutenção periódica.

No caso do aquecimento solar, a conta de energia cai consideravelmente. Um dos motivos se deve ao fato que no Brasil há uma incidência solar aproveitável na maior parte do ano.

Sem falar, que tanto o aquecimento a gás quanto o solar provem de fontes de energia limpa, ou seja, com uma baixa emissão de poluentes. Sendo assim, o consumidor toma um banho com a consciência tranquila, pois está contribuindo para a sustentabilidade.

Por fim, no decorrer dos anos, a sensação de bem-estar e conforto que toda a família terá durante o “sagrado” banho, compensará todo o investimento feito.

Qual modelo de ducha escolher?

Para alguns, a escolha do modelo de ducha para usar no aquecimento a gás ou solar não é algo tão importante. Normalmente, quem pensa assim logo se arrepende. Afinal, é muito frustrante usar todos os dias uma ducha que não atinge as expectativas.

Mas como saber qual é a melhor ducha? Muito depende do perfil e das necessidades da família. Para facilitar esse entendimento, a seguir, elencaremos os principais fatores a se considerar na escolha:

Design

Existem duchas de diversos formatos e tamanhos. Redonda ou quadrada, pequena ou grade (as chamadas “panelão”), são diversas opções a se escolher, mas como optar?

Claro que a estética deve ser considerada, afinal o box é um lugar da casa que visitamos todo dia, e o visual também faz parte do nosso conforto.

Mas além da estética, o formato pode ter impacto no desempenho. Você prefere no banho que todo o corpo possa estar coberto pelo jato, ou prefere uma ducha que seja mais localizada. Às vezes não queremos molhar o cabelo ao tomar banho, e o formato e características da ducha podem facilitar ou dificultar isso. Duchas com diâmetro maior tendem a ter este jato mais amplo. Por outro lado, duchas menores favorecem o jato mais direcionado.

Para quem quer o jato direcionado, independentemente do tamanho, é interessante que a “cabeça” da ducha tenha uma articulação flexível que permita que seja movimentada, dará mais opções e conforto do que uma que seja fixa. O tamanho e formato do braço também devem ser considerados, e ser apropriados ao tamanho do box para evitar desconforto na hora do banho. Algumas duchas contam com o desviador (também chamado “chuveirinho”), enquanto outras ele pode ser adquirido separadamente como acessório.

Uma outra questão é com relação aos furos por onde sai a água. A sensação da ducha ao tomar banho pode ser muito diferente quando os furos são mais espaçados comparada a uma que os furos sejam mais próximos, e também muda pelo próprio diâmetro dos furos (chamado de “crivo”), que proporciona um jato mais grosso ou mais fininho. Deve-se atentar que as duchas precisam periodicamente de uma limpeza para que estes furos não sejam entupidos por impurezas na água, que prejudicam a uniformidade do jato.

Vazão de água

A vazão de água, ou seja, a medição da quantidade de água que sai pela ducha, normalmente é medida em litros por minuto (ou l/min). A vazão é um grande componente do conforto, mas também pode pesar no orçamento, porque maior vazão de água leva a uma maior conta de água no fim do mês.

Duchas maiores significam vazão maior de água? Não necessariamente. É possível ter duchas pequenas com alta vazão e vice versa. Na verdade, dificilmente a vazão da ducha será constante, porque ela pode variar com a pressão de água na tubulação. Normalmente é necessário consultar uma tabela ou gráfico na embalagem da ducha que informa a uma determinada pressão qual a vazão de água que terá a ducha (o que é chamado de “curva de vazão” pelos técnicos). Um outro ponto a ser destacado é que existem dispositivos restritores de vazão, que limitam a quantidade de água que passa pela ducha. Muitos modelos de ducha vêm com o restritor como opcional.

A vazão de água é essencial para a correta determinação do sistema de aquecimento de água. A capacidade de vazão de um aquecedor a gás, ou a quantidade de litros armazenada em um reservatório de aquecimento solar é calculada com base na vazão das duchas a serem utilizadas. Se este ponto não entrar na consideração, o sistema de aquecimento pode ser subdimensionado e não atender a necessidade, gerando insatisfação.

Enfim, o melhor a fazer é realizar uma pesquisa cuidadosa antes de escolher o modelo de ducha que pode ser utilizada com aquecimento a gás ou solar. Hoje, a internet ajuda bastante nesse processo, mas é essencial contatar uma empresa especialista no assunto para obter orientação valiosa.

O que achou de nosso artigo? Entendeu como escolher o modelo de ducha ideal para a sua família e o seu aquecedor a gás ou solar? Então deixe que seus contatos na rede social tenham acesso a esse conteúdo. Compartilhe com eles!