aquecer piscina
Confira 5 possibilidades para aquecer piscina em sua casa

Deu saudade do verão? O início da época mais fria pode ser o momento ideal para considerar a possibilidade de aquecer sua piscina. Juntamente à queda das temperaturas, estamos passando mais tempo em casa, e a piscina aquecida pode se tornar uma opção de lazer para toda a família.

Hoje, existem diferentes possibilidades de aquecimento. Como escolher a melhor?

Para que você possa avaliar qual opção atende melhor suas necessidades, garantindo conforto, economia e segurança, apresentamos aqui 5 possibilidades para aquecer piscina em casa.

Antes de mais nada…

É necessário saber quais elementos devem ser considerados ao aquecer a água da piscina. Isso é importante porque todas as opções de aquecimento são válidas e têm vantagens e desvantagens, mas cada uma se adéqua melhor a diferentes condições.

O tamanho é um dos principais aspectos que precisam ser observados. Aqui, a quantidade de litros é o fator principal, mas há outras particularidades a serem consideradas. Por exemplo, se a piscina tem uma área maior e é mais rasa ou ocupa uma área menor, mas é mais funda.

Também é importante avaliar o tipo de uso da piscina. Uma piscina utilizada todos os dias é diferente de uma destinada apenas para fins de semana ou veraneio. Essa diferença vai nortear a escolha do tipo de aquecimento mais eficiente.

Outros fatores importantes são o tempo de aquecimento (inicial e o de manutenção diária), se a piscina possui cobertura e se utiliza capa térmica nos períodos fora de uso.

Por último, mas não menos importante, o aspecto fundamental para quem busca alternativas de aquecer piscina: a temperatura da água. A faixa de temperatura varia conforme o uso da piscina — piscinas para prática esportiva tem uma temperatura ideal diferente das piscinas de recreação. Confira na tabela as faixas de temperatura recomendadas para cada tipo de piscina:

Tipo de piscina | Temperatura Recomendada (ABNT:NBR 10339)

SPA | 36º a 38º

Piscina de competição | 25º a 28º

Piscina de recreação | 27º a 29º

Natação para bebês e hidroterapia | 30º a 34º

Natação para crianças | 29º a 32º

A seguir, conheça as principais características de 5 possibilidades de aquecimento e descubra qual a melhor solução para sua piscina.

Aquecedor a gás

O aquecimento a gás usa gás combustível para manter a temperatura da água constante e é a opção que oferece a melhor capacidade de controle da estabilidade da temperatura.

A água é bombeada para o sistema de aquecimento, onde é aquecida. Muitos sistemas utilizam o conceito de troca indireta de calor, ou seja, não há contato direto da água clorada da piscina com o aquecedor. Isso ajuda a preservar sua durabilidade.

Os sistemas a gás se mostram mais eficientes no aquecimento de piscinas de uso ocasional (fins de semana e veraneio), por permitirem uma elevação mais rápida da temperatura da água a partir da temperatura ambiente.

Aquecedor solar

Os aquecedores solares operam a partir de coletores que captam a energia solar. Impulsionada por bombas, a água circula pelos coletores e aumenta de temperatura gradualmente, a cada passagem.

Uma das principais vantagens do aquecimento solar está no potencial de economia de energia. A instalação é um pouco mais dispendiosa, mas, levando em conta a durabilidade do sistema e a economia de energia, a alternativa se torna econômica a longo prazo e, por isso, é a mais indicada para piscinas de uso contínuo. Também se trata de uma opção sustentável, afinal a energia solar é uma fonte renovável.

Nessa opção, é preciso considerar alguns fatores. Um deles é o espaço: as placas exigem uma área ampla e livre de sombras. Em geral, são instaladas no telhado, mas, se houver área livre o suficiente, podem ser alocadas no chão ou em lajes. Também é necessário levar em conta a variável climática — em dias nublados ou de chuva, por exemplo, o sistema tem sua capacidade afetada.

Por conta disso, os sistemas que utilizam energia solar funcionam melhor quando associados a outros sistemas. O aquecimento solar entra como um fator economizador de energia, e o outro sistema supre a necessidade nos períodos em que o sol não é suficiente.

Aquecedor a gás + aquecedor solar

Como o título já indica, trata-se de um sistema híbrido, mesclando as duas alternativas anteriores. Uma funciona de forma complementar à outra. Essa pode ser uma opção atrativa para quem busca obter as melhores vantagens de cada sistema.

Vamos aos prós e contras. O aquecimento solar gera economia de energia e é uma alternativa sustentável, mas depende da luz solar. Além dos dias de tempo nublado, em determinadas épocas do ano a capacidade de aquecimento da água pode não ser suficiente para atender a demanda de uso da piscina.

É quando entra o aquecedor a gás, que funcionará, então, como um sistema de apoio. Dessa forma, é possível garantir, ao mesmo tempo, o conforto da água aquecida e a economia de energia possibilitada pelo aquecedor solar.

Aquecedor elétrico

Os aquecedores elétricos são uma das alternativas mais comuns.

Uma resistência elétrica aquece a água bombeada da piscina e a retorna. A principal vantagem dos sistemas de base elétrica é a facilidade de instalação, que tem menos exigências técnicas que nos sistemas solares e a gás… embora elas existam!

Considerando o aspecto financeiro, a opção pelo aquecedor elétrico é atrativa em curto prazo; a longo prazo, porém, o gasto na conta de luz pode se tornar consideravelmente alto. Podem ser utilizados em piscinas pequenas e de uso esporádico, mas demandam uma preparação, pois o aquecimento a partir da temperatura ambiente pode ser demorado.

Bomba de calor

As bombas de calor são aparelhos que absorvem o calor da atmosfera e o intensificam por meio de um compressor. Em seguida, esse calor é transferido para a serpentina por onde a água da piscina passa e é aquecida.

O primeiro aquecimento é um pouco mais longo. O consumo de energia é mais baixo que o dos aquecedores elétricos; por outro lado, as bombas dependem da temperatura ambiente — ou seja, em dias frios, vão demorar mais para aquecer a água. São, no entanto, bastante eficientes para a manutenção da temperatura.

Outro aspecto que deve ser considerado: as bombas precisam ser instaladas ao ar livre, de modo que o tamanho da piscina é um fator importante ao considerar essa escolha. A alternativa das bombas de calor pode não ser economicamente viável para piscinas pequenas e médias, pois os aparelhos têm um valor alto para aquisição e manutenção.

Vantagens de aquecer piscina

Não tem idade para um bom banho de piscina, não é? É uma das mais democráticas opções de lazer, uma atividade que toda a família pode usufruir.

No entanto, mesmo no verão, a água fria por vezes acaba afastando muitas pessoas da piscina, mesmo em casa. Ter uma piscina aquecida é uma garantia de conforto e comodidade, além de proporcionar momentos de união e diversão familiar.

Foi pensando nisso que reunimos aqui as principais características de algumas possibilidades de aquecer piscina. Assim, fica mais fácil entender qual oferece mais conforto, economia e segurança.

Agora que você já sabe como cada método funciona, qual a melhor alternativa para a sua piscina? Conte pra gente nos comentários!